Dança do Ventre para Crianças

A dança do ventre na infância

A dança do ventre é conhecida como uma dança feminina e que mostra delicadeza e sensualidade que só a mulher mais madura pode transmitir. Mas não são só as mulheres mais maduras que podem praticá-las, as crianças também podem.

As aulas para elas são diferentes das aulas para as adolescentes ou para as adultas, devido a as questões anatômicas e funcionais próprias de cada fase de desenvolvimento. Os movimentos básicos da dança são trabalhados em sala de aula, respeitando os limites da idade. Os ossos das crianças não estão totalmente formados ainda, as articulações também estão em desenvolvimento, assim existem atividades, movimentos e exercícios que são recomendados e outros não.

Ela deve ter um aspecto lúdico e dinâmico para as crianças, o que transforma o esforço e a técnica em uma atividade prazerosa e uma distração Quando se inicia a dança do ventre cedo, ela favorece aspectos como
criatividade, sensibilidade, musicalidade, socialização, melhora a
coordenação motora, trás disciplina e melhora a timidez, tornando as crianças mais comunicativas e confiantes, o que contribui para a formação de mulheres mais seguras e com boa auto-estima. 
Sempre trazendo benefícios para o corpo e para a mente também.

Quando ela é praticada desde a infância são maiores as vantagens. A criança que dança desenvolve bem melhor sua auto-estima e é mais ágil e flexível nas suas atividades físicas. A dança do ventre ainda acrescentar graça e beleza aos benefícios já citados.  Para as crianças também ajuda a criar disciplina e a melhorar o relacionamento interpessoal, ou seja, elas ficam mais comunicativas e confiantes.    Na criança o objetivo da dança é desenvolver a criatividade e delicadeza, incentivando sempre a espontaneidade.

Por isso, a dança do ventre não é uma atividade exclusivamente das mulheres adultas, as crianças também podem fazê-la e de forma correta, pode trazer muitos benefícios.